O Credito Pessoal Online em Portugal. Informação e notícias sobre o Credito rápido, empréstimo pessoal e créditos pessoais.
.posts recentes

. Crédito de aquisição de a...

. Créditos caem em Portugal...

Terça-feira, 24 de Março de 2009
Crédito de aquisição de artigos para a casa

No passado ano de 2008 sentiu-se um aumento na aquisição de crédito especializado para a compra de artigos para a casa ao contrário do crédito automóvel e pessoal cujo crescimento foi inferior.

 

A verdade é que cada vez existe um maior apelo ao consumo para bens para o lar. A cada estação, á semelhança do que acontece com o vestuário, novas cores, tendências e estilos ditam quais as casas que estão in ou out, e se ainda à poucos anos todos os electrodomésticos eram brancos, agora é vê-los em várias cores para que se enquadrem nas decorações.

 

Tem crescido o volume de venda das revistas de decoração, tem aumentado o número de programas de televisão que têm como base a remodelação e redecoração de casas, e tem crescido o número de lojas que vendem artigos para o lar. No entanto os artigos para o lar são dispendiosos e redecorar uma ou mais divisões de uma casa é sempre dispendioso, assim os consumidores vêem-se obrigados a recorrer ao crédito para transformar as suas casas. A Cetelem é uma das empresas que tem um produto especifico para quem pretende dinheiro para investir na remodelação e conforto do lar.

 

publicado por Blogs á solta às 14:06
link do post | comentar | favorito
Créditos caem em Portugal e em toda a Europa

crédito em queda

O crédito ao consumo, mais conhecido como crédito pessoal, o credito automóvel e o crédito á habitação estão nos primeiros lugares do ranking de pedidos de financiamento junto da banca.

 

No entanto, no início de 2008, o crédito pessoal e automóvel caiu em toda a Europa cerca de 4,45% em relação ao ano de 2007. Só em Portugal as instituições de crédito especializado revelaram uma queda de 6% em 2008. Esta queda aconteceu em todos os trimestres de 2008 com especial ênfase no último trimestre do ano e prevê-se que volte a acontecer durante o ano de 2009 devido á presente situação financeira.

 

É que se por um lado existe uma menor procura ao financiamento por parte dos consumidores, por outro lado também os bancos e instituições tem colocado mais reservas em conceder créditos, e é este factor a par com um maior consciencialização do endividamento que tem promovido alguma contenção nos consumidores no que respeita ao pedido de crédito.

 

Afinal a quem se destina o crédito? É que até agora qualquer pessoa podia recorrer ao crédito fácil sem ter que fazer grande prova da sua capacidade económica para a liquidação do mesmo. Mas as regras deste jogo estão a começar a mudar.

 

 

 

publicado por Blogs á solta às 10:50
link do post | comentar | favorito
Politica de Privacidade
.tags

. todas as tags

.subscrever feeds