O Credito Pessoal Online em Portugal. Informação e notícias sobre o Credito rápido, empréstimo pessoal e créditos pessoais.
.posts recentes

. Novas regras no credito a...

. Empresas de Crédito dão a...

. Crescimento do numero de ...

. Crédito de aquisição de a...

. Créditos caem em Portugal...

. Crédito pessoal é a princ...

Terça-feira, 24 de Março de 2009
Novas regras no credito ao consumo

novas regras no crédito ao consumo

Com o intuito de melhor proteger o consumidor, foram aprovadas novas regras para os contratos de crédito ao consumo situados entre os 200 e os 75 mil euros.

 

Assim, fica á responsabilidade da entidade credora a avaliação da capacidade financeira do requerente para cumprir todos os pontos do contrato. Com a mesma finalidade, passa a ser também obrigatório que esta consulte a Central de Riscos de Crédito do Banco de Portugal para cruzamento de informação.

 

Passa a ser também dever da entidade credora informar e esclarecer o consumidor de todos os pontos do contrato, estabelecer um valor máximo de indemnização em caso de amortização do contrato, e criar um regime de taxas mínimas conforme o contrato, antes deste ser celebrado. Além disso fica estabelecido que a partir de agora o prazo para revogação do contrato passa a ser de 14 dias.


A partir de agora são estas as regras com que vão ter de "jogar" todos os bancos e empresas de crédito de Portugal, sem excepção!

 

 

 

publicado por Blogs á solta às 23:06
link do post | comentar | favorito
Empresas de Crédito dão aconselhamento a consumidores

empresas de credito prestam aconselhamento

Crise, sobreendividamento e desemprego são as palavras que mais se ouvem actualmente, não há dinheiro e não se pode pedir emprestado ou porque não é concedido ou porque não se consegue pagar. É este raciocínio e a lógica que se tem vindo a criar na cabeça dos portugueses.

 

Mas os bancos e as empresas de crédito tem que continuar a promover a sua área de negócio e os seus produto e isto significa continuar a “vender” créditos. Para tal nada melhor que criar algum tipo de aconselhamento para os seus cliente ou potenciais clientes, prestando assim apoio e garantindo que o cliente tem capacidade financeira para pagar o capital em divida.

 

A Cetelem, por exemplo, tem disponível um “gabinete” de atendimento online, em www.creditoresponsavel.com, que presta serviço de aconselhamento aos consumidores, e que pretende esclarecer as dúvidas em relação ao crédito ao consumo.

 

O ActivoBank7 também tem tido uma postura mais próxima dos seus clientes, por sua vez, advertindo sobre a importância de se ter um “pé-de-meia” para os imprevistos que possam surgir. Quanto se deve “amealhar”, como poupar e como gerir as economias são apenas alguns dos temas a que o ActivoBank7 se disponibiliza a orientar.

 

publicado por Blogs á solta às 15:20
link do post | comentar | favorito
Politica de Privacidade
.tags

. todas as tags

.subscrever feeds